Santuário animal fecha as portas e mata todos animais no Estado do Colorado, EUA

Santuário animal fecha as portas e mata todos animais no Estado do Colorado, EUA

O santuário de animais do estado do Colorado (EUA), Lion’s Gate, realizou a morte induzida de três leões, três tigres e cinco ursos. Segundo a diretora, a decisão foi tomada por conta de estragos na estrutura do local e falta estrutura para manter os animais.

Depois de dez anos protegendo animais silvestres, a diretora do santuário, Joan Laub, justificou a atitude alegando não ter mais condições para acolher animais depois de inúmeros estragos nas instalações causados por inundações. A atitude foi questionada pela administração do condado de Elbert, que revelou a recusa da diretora em transferir os animais para outros santuários da região.
000000000000000000000000000000000000000
Diretora diz não ter condições de abrigar mais animais | Foto Facebook/lion’s Gate Sanctuary

O diretor de outra reserva animal localizada na cidade de Keenesburg, Pat Craig, afirmou ter se surpreendido com o desfecho do Lion’s Gate, pois havia se voluntariado para receber os animais silvestres.

00000000000000000000000000000000Santuário atuava há dez anos na causa animal | Foto Facebook/lion’s Gate Sanctuary

Depois de ser citada em vários jornais norte-americanos, Joan Laub alegou que os animais já não estavam em segurança nem em condições de se deslocarem para longe, devido à sua idade e ao seu estado de saúde.

Fonte: ANDA

Anúncios

Um comentário em “Santuário animal fecha as portas e mata todos animais no Estado do Colorado, EUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s