Caçadores promovem matança de burros na África para uso em medicina tradicional chinesa

Caçadores promovem matança de burros na África para uso em medicina tradicional chinesa

Os burros são animais cada vez mais procurados por caçadores, por conta da demanda do couro do animal na medicina tradicional chinesa. Esse comércio cruel tem afetado também a vida de comunidades com poucos recursos, que acabam utilizando burros para carregar pessoas e mercadorias.

“Perdi cinco burros (para gangues) e se eu perder mais um, não vou poder alimentar minha família”, diz Lucky Montsho, tutor de burros. Os animais são sequestrados de fazendas, mortos e esfolados.

Recentemente, foram achadas toneladas de couro em um contêiner em uma fazenda próximo a Johanesburgo, na África do Sul.
000000000000000000000000000000000000000000000Toneladas de couro de burro foram encontradas em fazendo sul-africana (Foto: BBC)

O couro do burro é fervido para gerar uma espécie de gelatina, um ingrediente muito utilizado na produção de um medicamentos tradicional na China chamado eijao, que pode custar o equivalente a R$ 5 mil o quilo.

E, infelizmente, esse comércio cruel não se restringe somente a África do Sul. “O comércio é imenso. Não se restringe apenas à África do Sul, mas engloba os países vizinhos: Quênia, Tanzânia e Somália”, afirma Ashley Ness, investigadora da Highveld Horse Care Unit, centro de tratamento de equinos cuja sede fica na África do Sul.

Como existem poucos “fornecedores” do animal nesse mercado explorador, a oferta pelo couro de burro aumentou expressivamente em Burkina Faso, por exemplo, indo de R$ 245 a R$440, em um período de 3 anos.

Fonte: G1 e ANDA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s