Morte de 85 aves transportadas dentro de mala mostra a perversidade do tráfico de animais

Morte de 85 aves transportadas dentro de mala mostra a perversidade do tráfico de animais

Aproximadamente 100 aves canoras “exóticas” foram colocadas em uma mala por um homem da Califórnia (EUA) e o resultado do crime foi trágico.

 

Aproximadamente 100 aves canoras “exóticas” foram colocadas em uma mala por um homem da Califórnia (EUA) e o resultado do crime foi trágico.

Agentes federais prenderam Kurtis Law, de 49 anos depois que ele levou 93 aves canoras asiáticas para os EUA em um voo originário do Vietnã. O criminoso pode ser condenado a até 20 anos de prisão se for condenado por tráfico de animais.

De acordo com um comunicado de imprensa do Departamento de Justiça, a maioria dos pássaros morreu durante a viagem.

Todas as aves traficadas eram de espécies protegidas pela Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Extinção (CITES).

“Os pássaros foram colocados nas malas de Law de uma forma que lhes permitia pouco ou nenhum movimento. Todos, com exceção de oito dos 93 pássaros morreram em consequência do tráfico”, diz o comunicado.

Este é um caso horrível, mas não é incomum no universo do tráfico de animais selvagens e é apenas uma parte de um problema crescente, reportou a MotherBoard.

Entre 2005 e 2014, em torno de 55 mil animais vivos foram resgatados nos pontos de entrada dos EUA, segundo a Defender of Wildlife, uma organização de proteção sem fins lucrativos que analisa dados do Serviço de Pesca e Vida Selvagem do país.

Estes animais variaram de aves, peixes, macacos e são vítimas do comércio de animais domésticos e, dependendo da espécie, do consumo humano.

O Serviço de Pesca e Vida Selvagem dos EUA tem expandido seus programas contra o tráfico de espécies silvestres, incluindo a tentativa de aumentar a conscientização pública, diminuir a demanda e reduzir o mercado. Infelizmente, até que os consumidores se sensibilizem, casos como este continuarão sendo comuns.

 Fonte: ANDA
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s