Notícia de que a venda de carne de cachorro foi proibida no Festival de Yulin é apenas um rumor

Notícia de que a venda de carne de cachorro foi proibida no Festival de Yulin é apenas um rumor

Nos últimos dias, ativistas de todo o mundo que lutam pelos direitos dos animais comemoraram a suposta proibição da venda de carne de cachorro no Yulin Dog Eating Festival (Festival da Carne de Cachorro de Yulin).

Yulin é uma cidade com 7 milhões de habitantes que fica no sul da China e seu festival anual de carne de cachorro é o maior do gênero no mundo. É uma cruel tradição de 500 anos.

A notícia de que o festival teria fim é ótima, mas é apenas um rumor. Pelo menos por enquanto. Não se sabe ao certo, mas tudo indica que o rumor começou com uma ONG chinesa que luta pelo fim do festival chamada Duo Duo Project (conheça o site, em inglês). Até mesmo a Humane Society International (HSI), um conhecido grupo da causa, deu a notícia baseando-se nos primeiros comentários sobre o caso.

Há alguns dias nossos leitores nos perguntam o motivo pelo qual essa notícia não estava no Vista-se. Não havíamos ainda achado um link do governo local ou algo realmente confiável que desse conta de que a notícia era verdadeira.

O grupo jornalístico britânico BBC também desconfiou da veracidade da notícia e enviou um correspondente até a cidade de Yulin (leia aqui, em inglês). Para a surpresa de todos, nenhum comerciante local estava sabendo de que não poderiam mais vender carne de cachorro. O repórter da BBC de Londres percorreu restaurantes e outros estabelecimentos especializados e nenhum sabia da nova regra. Estavam, inclusive, vendendo os cães normalmente.

Procurados pela BBC, diversos escritórios relacionados ao governo de Yulin também afirmaram desconhecer que exista uma proibição em relação ao comércio de carne de cachorro na cidade. A proibição desse tipo de carne em Yulin é tida como pouco provável por especialistas financeiros porque uma regra assim arruinaria a economia local.

O Festival da Carne de Cachorro de Yulin acontece anualmente no dia 21 de junho. Tudo indica, infelizmente, que este ano o evento acontecerá de novo e dezenas de milhares de cachorros serão mortos, esquartejados e cozidos. Exatamente como ainda fazemos no ocidente com vacas, porcos, peixes, frangos e outros animais.

Fonte: Vista-se

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s