Ativista dos direitos das mulheres detida na Arábia Saudita por dirigir

Ativista dos direitos das mulheres detida na Arábia Saudita por dirigir

Em 2014, Loujain já tinha sido detida durante 73 dias, quando tentou entrar no país dirigindo, vinda dos Emirados Árabes Unidos. A sua detenção foi filmada em direto para o Twitter.

A Anistia Internacional pediu a sua libertação imediata.

“Ela sabia que estava novamente na mira das autoridades devido ao seu trabalho em defesa dos diretos humanos, especialmente das mulheres sauditas”, afirmou a Anistia Internacional.

A Arábia Saudita é o único país do mundo que proíbe que as mulheres dirijam. As mulheres apanhadas “ao volante” arriscam-se a ser detidas ou multadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s