Incêndio obrigou a que se soltassem 13 linces ibéricos do centro de reprodução de Doñana

Incêndio obrigou a que se soltassem 13 linces ibéricos do centro de reprodução de Doñana

Com a aproximação do incêndio que começou em Moguer, no sul de Espanha, e com a fumaça a tornar-se cada vez mais asfixiante, os responsáveis do Centro de Reprodução de Linces Ibéricos de El Acebuche puseram em andamento o seu plano de evacuação.

Os pares reprodutores e as crias de lince – cinco crias e nove adultos – começaram a ser transferidos para outros centros na vizinhança.

Os restantes 13 animais, criados em jaulas e em regime de semiliberdade, linces doentes, velhos ou sem capacidade reprodutora, foram libertados. Os seus cuidadores abriram as portas das jaulas para que pudessem escapar do fogo, ficando assim entregues à sua sorte.

Atualização: Segundo um comunicado do Centro, morreu “Homer”, uma das fêmeas, provavelmente pelo stress provocado pela sua captura e transporte.
Entretanto, a equipe já regressou ao Centro e capturou onze dos treze linces libertados, que tinham permanecido no interior ou nas imediações do centro.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s