Em Manaus, 14 cães e gatos são achados mortos perto de lixeira em feira

Em Manaus, 14 cães e gatos são achados mortos perto de lixeira em feira

Entre os animais havia cães de raça e filhotes. CCZ desconfia de descarte indevido feito por clínicas veterinárias.

Feirantes encontraram 14 animais mortos perto de uma lixeira, nos fundos da Feira do Coroado, na Zona Leste de Manaus, na manhã desta quinta-feira (6). Os 8 cães e 6 gatos estavam aparentemente congelados e dentro de sacos plásticos. A polícia foi acionada para apurar o caso. Entre os animais havia cães de raça e filhotes.

Profissionais do Centro de Zoonoses (CCZ) que foram ao local desconfiam de descarte indevido dos animais feito por clínicas veterinárias. O caso será apurado. O G1 questionou a Polícia Civil sobre as investigações do caso e aguarda resposta.

Feirantes informaram que viram um homem com avental e botas brancas deixando os animais no local. “O pessoal disse que viu um homem saindo de uma picape e deixando os animais às 2h da madrugada”, disse um feirante que não quis divulgar o nome.

Ainda segundo informações dos trabalhadores da feira, os animais estavam congelados e armazenados em sacolas plásticas ao redor do lixão. Alguns tinham esparadrapo nas patas. Um deles estava com uma coleira estilo peitoral e outro com uma corda no pescoço. Alguns dos cães são das raças rottweiler e sharpei. Os outros são mestiços.

Assim que perceberam a presença dos animais, os feirantes chamaram policiais do 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A Polícia Civil e o CCZ também foram acionados.

“Aparentemente parece descarte de clínicas, feito de maneira inadequada. Os animais vieram a óbito na clínica e por algum motivo que ainda não semi eles congelaram e trouxeram os animais para cá.”, disse a medica veterinária Laís Fonseca.

Foram encontrados dois dois fragmentos de materiais hopitalar, junto aos corpos. “Não acredito que ele possam ter sido congelados vivos. Acredito que não houve envenenamento, que não teve algum caso de assassinato em massa de cães”, disse Laís

Ela explicou que o descarte dos animais mortos deve ser feito como o de lixo hospitalar, eles devem ser incinerados.

Investigação

Agentes do CCZ recolheram os corpos e encaminharam para que seja feita a necropsia. O procedimento será necessito para confirmar se houve algum tipo de envenenamento. O primeiro relatório deve ser divulgado nas próximas semanas.

Câmeras de segurança do local podem ajudar a encontrar os suspeitos do descarte.

Fonte: G1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s